top of page

A uniformização no ensino da neurocirurgia brasileira



Residentes do 4º anos aprenderam sobre neuro-oncologia

e neurocirurgia funcional 


A sexta-feira, 07 de junho, amanheceu com baixas temperaturas e muita neblina em várias partes da cidade de São Paulo e por volta das 7 horas da manhã, 110 residentes de diversas regiões do país se encontraram no 10º andar das instalações da Medtronic Brasil.


Foi também neste horário que o Dr. Sergio Cavalheiro fez a abertura do curso e deu início a dois dias de intenso aprendizado para os residentes do quarto ano de neurocirurgia. Os alunos começaram o dia com aulas sobre: Esclerose Tuberosa, Tratamento atual do Glioblastoma e Glioma de Nervo Óptico. 


Dra. Alessandra Gorgulho

No período da tarde, a Dra. Alessandra Gorgulho ministrou a aula: Princípios da Radiocirurgia, que deu uma visão geral sobre o conceito da radiocirurgia e as principais aplicações no âmbito do tumor e como é o efeito da radiação no tecido nervoso para contemplar os diferentes compartimentos. "A ideia é ensinar como funciona, já que muitas pessoas podem confundir, mas a radiocirurgia não é radioterapia. Por isso, passei muito brevemente explicando quando a radioterapia é indicada para os diferentes tipos de tumores cerebrais benignos e malignos", diz.


A neurocirurgiã comentou que o CNR traz muitos benefícios para o residente. "Esse curso oferece uma visão ampla de todos os principais aspectos da neurocirurgia de acordo com o ano de formação de cada um, claro que são as pessoas de maior experiência que dão essas aulas, então isso proporciona um curso de alto nível e também uma uniformização, porque a gente sabe que existe uma certa prevalência de otimização de alguma subespecialidade de acordo com o serviço. O curso visa colocar todo mundo no mesmo patamar", finaliza a especialista.

Dr. Osvaldo Vilela

O Dr. Osvaldo Vilela, ministrou a aula: Anatomia dos Gânglios da Base e Planejamento de Alvos, e ele comentou que são poucos os serviços que dispõem de um serviço de funcional forte no Brasil. "Muitos residentes não têm acesso a essa subespecialidade da neurocirurgia, então essa é uma forma de ampliar o contato com essa área que sem dúvida é a subespecialidade da neurocirurgia que mais cresce", comenta. 


Com a palavra os residentes

A Dra. Dandara Moreira, da Fundação de Beneficência Hospital de Cirurgia (SP), relatou quais eram as suas expectativas sobre o curso deste ano. "Essa é a primeira vez que participo de forma presencial e gostei muito. A expectativa é revisar vários assuntos e aprender novidades de alguns serviços específicos.


Dra. Dandara Moreira

É muito interessante ter contato com os preceptores que a gente geralmente não tem no dia a dia e compartilhar da experiência deles acrescenta muito no nosso conhecimento, tanto para a prova de título como para a vida", diz animada a residente.

 

O Dr. Davi Pereira, da Universidade Federal do Paraná, ficou muito feliz pela iniciativa da SBN em trazer oportunidade para os serviços que não tem certos procedimentos, como, por exemplo, Endoscopia, Deep Brain Stimulation (DBS), para igualar as residências do Brasil. "Eu já havia conversado com o Dr. Sérgio Cavalheiro em outros eventos e as expectativas são muito altas, estou muito feliz com o evento.


Dr. Davi Pereira

No primeiro dia de curso eu fiquei maravilhado, foi uma experiência muito gratificante ver profissionais da melhor qualidade do Brasil na área de oncologia, que é uma área que me interessa bastante, então foi muito gratificante ver a inovação no tratamento da oncologia, o futuro dos nossos pacientes, a indicação das cirurgias. Está sendo uma experiência de grande proveito para a nossa formação", finaliza.


Confira entrevistas exclusivas em nossa plataforma de vídeos SBNFLIX.

92 visualizações

Comments


bottom of page