SBN Ped lança debate sobre violência infantil


Evento acontecerá em 29 de maio na plataforma Zoom


A violência é um fenômeno social e de saúde pública, com maior exacerbação quando acontece na infância, provocando um impacto no desenvolvimento e uma catastrófica repercussão no comportamento na vida adulta.


De forma crônica tem-se observado comportamentos de alienação frente ao sofrimento humano alheio. Crianças e adolescentes são diariamente subjugados, muitas vezes por familiares e onde deveriam se sentir mais seguros, na sua casa.


A realidade brasileira e os núcleos familiares têm mudado rapidamente.

Cada vez mais, têm se visto crianças e adolescentes em situações de risco, que não têm o devido acolhimento.


Seres humanos em formação física e moral, sendo submetidos a situações diversas de desvio de conduta: abusos físicos e psíquicos, ameaças e castigos que equivocadamente são “aceitos” em seu núcleo como educativos, apresentam uma tênue nuance entre verdadeiros atos de covardia; de tortura.


Banalizar maus-tratos a vulneráveis é o mesmo que praticá-los.


“A gente não aprende com dor”


Fazer com que crianças e adolescentes tenham proteção e condições para se desenvolverem em sua plenitude, assegurando-lhes saúde física e mental é dever de toda sociedade promissora.


O Departamento de Neurocirurgia Pediátrica dará voz a vários representantes da sociedade para que possamos juntos combater esta outra epidemia: a violência contra as crianças e adolescentes, no dia 29 de maio de 2021, no período de 7:50 às 13:00h através da plataforma ZOOM.


A nossa ideia é abordar a temática da violência infantil num ambiente multidisciplinar com tempo para discussões e ponderações. As aulas e as discussões terão duração de até 20 minutos. O programa científico foi divido em três módulos. Módulos I e II - convidados nacionais (apresentações em português) e no Módulo III teremos convidados internacionais (apresentações em inglês).


Sua presença em muito nos honrará e certamente será de grande importância para a programação científica.


#não bata eduque #violência infantil #infância feliz


Denuncie! Seja a esperança daquele que sofre.


Clique aqui e acesse


*Com informações da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia Pediátrica

Maio de 2021

18 visualizações